Resenha Base Ultra Cushion Teint Idole da Lancôme

Nunca tinha usado uma base cushion e achei muita riqueza da minha parte começar logo com uma da Lancôme. A marca lançou esse ano a sua versão de base cushion, uma tipo de base que é uma febre entre as asiáticas e que agora tá tomando conta do Ocidente.

lancome-base-ultra-cushion-teint-idole

resenha-base-ultra-cushion-teint-idole-lancome resenha-base-cushion-lancome

Essa base faz parte da família Teint Idole da marca, que entrega cobertura perfeita com acabamento natural. É como se fosse uma versão cushion da base líquida Ultra mas com apresentação cushion. Uma característica que eu achei bem interessante foi a seleção de cores, são 6 tons disponíveis. Mas o que me impressionou é o seguinte: tanto na base líquida quanto na base cushion eu uso a cor mais clara. A diferença é que na base líquida eu sinto que ela dá uma oxidada e a base cushion é mais clara e não oxida nada.

Pra quem ainda não conhece esse tipo de apresentação de base, cushion é um sistema de base líquida que fica concentrada no potinho e é liberada por uma esponja ao apertar. A aplicacão normalmente é feita com uma esponjinha que já vem na própria embalagem, mas também dá pra usar com uma beauty blender ou com um pincel (apesar desse último ser o menos recomendado por conta da aderência do produto na pele). Quando você pressiona a esponja com o produto na pele garante que a base “pertença” ao rosto com resultado bem mais natural.

base-cushion-teint-idole-lancome swatch-base-ultra-cushion-teint-idole-lancome

Dá pra fazer aquela camada finíssima com um pump de base no rosto todo ou também dá pra construir camadas e ficar com uma cobertura mais trabalhada. O ideal é esperar alguns segundos para que a base seque. Como a apresentação dela é mais líquida, precisa de um tempinho pra aderir e secar direitinho no rosto. Apesar diss, a transferência não incomoda porque uma vez que tá no rosto ele fica ali no lugar por bastante tempo de uma maneira digna.

Até mesmo nos dias mais quentes ela suportou na pele. Eu não costumo suar ao ponto de molhar a pele, o meu problema normalmente é ficar muito quente e começar a me sentir abafada. Daí nessas horas eu pego um pedaço de papel e pressiono contra o rosto pra remover a oleosidade e acaba removendo também um pouco da base. Mas achei que ela se mescla tão bem na pele que nos dias que eu usei uma camada fina de produto não achei que a pele parou de respirar e não me deu essa sensação abafada! Sucesso! \o/

antes-depois-base-cushion-lancome-resenha

Uma vez que você compra o estojo da base cushion, quando ela acaba você só precisa repor o produto. A marca vende o refil que sai bem mais em conta! Isso é muito bom! Dá pra lavar a esponjinha com sabonete neutro e se você por acaso perder, não tem problema! Qualquer esponjinha dá o mesmo efeito e consegue fazer a aplicação do produto.

A base cushion com o estojo custa R$339 e o refil custa R$199. Dá pra comprar nas lojas físicas e na loja virtual da Sephora que entrega pra todo o Brasil.

Resenha Base Ultra Cushio...

Nunca tinha usado uma base cushion e achei muita riqueza da minha parte começar logo com uma da Lan...
Leia Mais

RESENHA – BASE LÍQUIDA MATTE AT PLAY DE MARY KAY

A linha At Play da Mary Kay só faz crescer. Tem produtos com uma pegada prática, jovem, com comunicação simples e descolada. Um lançamento recente foi a base líquida matte At Play, pra quem tem pele oleosa e gosta de uma pele impecável durante muitas horas.

mary-kay-base-matte-at-play resenha-base-matte-at-play-mary-kay

O legal dessa linha é que os preços são muito mais amigos, a base custa R$49, 90, vem numa embalagem estilo bisnaga com 29ml e tem 6 cores disponíveis.

Fiz um vídeo de primeiras impressões assim que ela chegou aqui em casa. Peguei a cor Very Light pra testar e passei o dia inteiro com ela na rua. Dá o play pra conferir:resenha-base-at-play-mary-kay

cores-base-matte-at-play-mary-kay

swatch-base-matte-at-play-mary-kay

Resumo da Base líquida matte At Play de Mary Kay:

  • Super sequinha DE VERDADE!
  • Indicada para peles bem oleosas (se sua pele for/estiver seca ela pode até craquelar)
  • Cobertura digna com pouco produto

Só achei que a cor Very Light não é tão clara assim, ainda poderia ter um cor “fair” por exemplo. Talvez uns 8 tons seria o ideal para essa coleção (porque imagino que a cor mais escura também não seja TÃO escura). Mas pra quem tem a pele clarinha como eu, dá pra usar mesmo ficando um teco mais escuro, é só fazer uma camada mais fininha!

 

RESENHA – BASE LÍQ...

A linha At Play da Mary Kay só faz crescer. Tem produtos com uma pegada prática, jovem, com comun...
Leia Mais

Resenha High Brow da Benefit

O lápis iluminador High Brow da Benefit é coringa pra região dos olhos, porque apesar de ter o “brow” (sobrancelha) no nome, ele é usável em várias outras partes da make.

resenha-benefit-high-brow benefit-high-brow-resenha resenha-high-brow-benefit

Essa é a versão antiga do lápis porque a marca deu uma repaginada em todas as embalagens dos produtos de olhos e ficaram todos com a mesma comunicacão (agora tá prateado). Mas o formato e cor continuam o mesmo! A cor é a champagne, um rosinha claro com leves brilhos dourados. Mas não é nada rosa ROSA, tá mais pra um bege com fundo rosado.

A descarga de cor é impressionante e muito muito cremoso! Uma das utilidades do lápis é dar aquela iluminada abaixo da sobrancelha pra fazer o desenho bem refinado. Nesse caso dá pra esfumar com os dedos mesmo, o calor da mão já é o suficiente pra espalhar. Mas o jeito que eu mais uso é na linha d’água pra abrir o olhar e deixar a região com um pinguinho de brilho sem exageros (e também é a região onde eu sei que não vai deixar brilho por todo o meu rosto ao longo do dia).

high-brow-champagne-pink-benefit lapis-iluminador-high-brow-benefit high-brow-benefit-composicao

Quando eu invisto num batom bem escuro eu gosto de fazer o contorno da boca com ele e esfumar com os dedos antes de aplicar o batom. Acho que dá destaque e dimensão para os lábios. Também dá pra fazer aquele truque de iluminar o cantinho interno dos olhos, mas pra essa função específica ainda prefiro uma sombra.

Porém se sua pálpebra for super oleosa eu recomendo usar o High Brow mesmo porque ele adere na pele muito melhor que uma sombra com brilho e não tem o perigo de deixar tudo brilhante e estragar a make. Na maioria dos meus vídeos e fotos eu uso ele! É um passo tão rápido na make e que dá tanta diferença que eu não abro mão.

Custa R$119 e dá pra comprar nas lojas físicas e na loja virtual da Sephora que entrega pra todo o Brasil.

Resenha High Brow da Bene...

O lápis iluminador High Brow da Benefit é coringa pra região dos olhos, porque apesar de ter o &#...
Leia Mais