Resenha: Minéral 89 da Vichy

Quando vi o Minéral 89 da Vichy pela primeira vez, fiquei curiosa com o nome. 89? Pela embalagem eu entendi que era um produto para fortificar diariamente a pele.

resenha-mineral-89-vichy-booster-fortificante

O nome Minéral 89 é porque a Vichy conseguiu concentrar no produto a água termal a 89%, isso garante a fortificação das defesas naturais da pele. É indicado para peles sensíveis ou sensibilizadas. Para quem tem rosácea como eu, precisa sempre deixar a pele mais saudável e forte possível, porque é quando a pele está sem cuidados e frágil que os surtos aparecem. Por isso só a promessa de fortalecer a pele já brilhou meus olhos.

O produto vem numa embalagem de vidro (pesado e parrudo) com 50 ml. Um pump é suficiente para aplicar em todo rosto e pescoço (a aplicação deve ser feita com leves batidinhas primeiramente e uma massagem após a absorção do produto). Pode ser usado dia e noite. Na minha rotina adicionei antes do sérum porque achei a textura ainda mais leve. Parece um gel e quando espalha na pele vira água. Seca rapidinho sem deixar resquícios e não tem cheiro algum.

resenha-vichy-mineral-89-serum mineral-89-vichy-resenha

Rapidamente virou um queridinho porque, apesar de ser leve e parecer que você não tá passando “nada” na pele, com o tempo dá pra perceber que a pele fica muito mais macia e bonita sem maquiagem! Outras promessas do produto é que deixa a pele mais:

  • resistente
  • hidratada
  • luminosa
  • tonificada
  • preenchida

Claro que, dependendo de como estiver a sua pele e o nível de danos que ela já tem, alguns resultados serão menos visíveis que outros. Como eu disse, eu tenho surtos recorrentes por conta da rosácea, aqueles surtos que além de deixar a pele vermelha, também nasce várias “mini-espinhas” (que na verdade não são espinhas). E de uns tempos pra cá, esses surtos ficaram pouco menos recorrentes, só quando eu tô muito ansiosa mesmo (que daí o emocional fala mais alto). Mas fora isso, as mudanças bruscas de temperatura que frequentemente ocorrem em SP e sempre me pegavam, já não são um problema. E foi tão fácil inserir esse produto na minha rotina!

Pode parecer “besteira” mas todo mundo que eu vejo que começou a usar o Minéral 89 morreu de amores e defendo com todas as forças o uso do produto. Porque é uma aplicação simples que aos poucos dá pra notar resultado no rosto de uma maneira bem pessoal para cada um.

ingredientes-composicao-mineral-89-vichy

Ah! A composição foi feita de maneira bem cuidadosa para que alergias fossem praticamente impossíveis (normalmente fala fórmula hipoalergênica, mas olhando para a composição dá pra ver que são pouquíssimos ingredientes usados). Tem ácido hialurônico na fórmula (que ajuda na questão de preenchimento) e fortalece a pele contra agentes externos também! Como poluição, raios UV e mudanças de temperatura.

O Minéral 89 da Vichy custa em média R$149 e dá pra comprar em farmácias.

Resenha: Minéral 89 da V...

Quando vi o Minéral 89 da Vichy pela primeira vez, fiquei curiosa com o nome. 89? Pela embalagem e...
Leia Mais

Resenha: Blend It Yourself Clinique – BIY

Acho legal quando algumas marcas pegam técnicas “caseiras” e desenvolvem produtos com tecnologia para suprir uma necessidade nas nossas rotinas. É muito comum misturar base no hidratante por diversos motivos: clarear uma base escura, dar leveza para a cobertura ou por praticidade mesmo. A Clinique lançou o BIY – Blend It Yourself, pigmento puro para misturar com o seu hidratante favorito e conseguir cobertura de forma pratica além de cuidar da pele.

resenha-biy-blend-it-yourself-clinique resenha-clinique-blend-it-yourself-110

A embalagem tem 10ml, isso mesmo, 10 ml! É muito pequeninha porque é pigmento puro super concentrado então um pouquinho de nada rende muito! Tem bico dosador que regula bem as gotinhas, porque só é necessário de 1 a 3 gotas para criar a cobertura desejada. Você pega o seu hidratante favorito, no meu caso é o Dramatically Different Moisturizing Gel, que uso religiosamente todo os dias! A brincadeira é a seguinte, você pega a quantidade habitual de hidratante facial (nesse caso é apenas um pump) e mistura com o BIY (tem que agitar bem antes para misturar todos os pigmentos):

  • 1 gota para cobertura leve
  • 2 gotas para cobertura média
  • 3 gotas para cobertura alta

clinique-biy-blend-it-yourself-hidratante maquiagem-clinique-biy-blend-it-yourself resenha-biy-clinique-cobertura-leve

São 5 cores disponíveis, a minha é a 110 (a mais clarinha). Apesar de puro ele parecer super escuro, quando misturado com o hidratante dá um creme clarinho. A cobertura fica leve e meio translúcida. O acabamento vai depender bastante do tipo de hidratante que você usar. Mesmo no caso das 3 gotinhas, a pele fica com uma boa cobertura, mas como é misturado com o hidratante, não fica pesado ou com aparência de máscara. Não chega a cobrir marcas escuras na pele (como uma pinta ou uma espinha). No meu caso com a rosácea deu uma boa uniformizada. O nome do produto, blend it yourself, já diz tudo. Além de você mesma fazer a misturinha, ela também se mistura super bem na sua pele e não fica artificial.

blend-it-yourself-clinique-pele

A pele bem levinha e sem necessidade de pó. Fica com um ar luminoso de viço mas sem oleosidade. Super aprovado! Até nos dias que eu não quero me maquiar eu acabo fazendo a misturinha com o BIY porque é TÃO fácil e deixa a pele tão delicada e bonita.

A minha conta pode estar um pouco equivocada mas na minha cabeça dá pra usar todos dias durante um ano o BIY sem problemas que o produto, apesar de pequenininho, não vai acabar. Dá pra usar só o pigmento puro no rosto? Dá! Mas como é pigmento puro, ele é mais escuro que a pele. Mesmo sendo fluído e conseguir espalhar bem, ainda sim fica meio estranho.

Ah! E também dá pra misturar o BIY com o seu protetor solar. Mas não esqueça de hidratar e proteger sempre, viu?

O BIY da Clinique custa R$159 e dá pra comprar nas lojas físicas e na loja virtual da marca.

Resenha: Blend It Yoursel...

Acho legal quando algumas marcas pegam técnicas “caseiras” e desenvolvem produtos com t...
Leia Mais

Resenha batom Scandalous da NYX

Os batons com fundo acinzentado estão com um lugar bem especial no meu coração (ao lado dos roxos). Quando fui na loja da NYX vi que a linha lingerie (que é focada para encontrar o tom de nude perfeito para cada pessoa) tinha um tom acinzentado bem interessante chamado Scandalous/Scandale.

resenha-batom-liquido-matte-nyx-scandale-scandalous batom-liquido-matte-scandale-scandalous-nyx

A NYX tem várias linhas de batons (muitas mesmo!) e achei o aplicador dessa bem diferentoso porque ele é reto e não tão fofo. Ele não “afunda” muito quando pressionado contra os lábios. Isso garante menos erros de vazamento na hora de fazer o contorno. O legal é que como o pincel é chato dá pra fazer com bastante precisão (sem necessidade de usar um outro pincel). A cor é super acinzentada e pigmentada! Pra ficar bem uniforme e totalmente cinza, duas camadas fininhas são necessárias pra ficar com acabamento impecável.

scandale-scandalous-nyx-batom-liquido-matte renata-fukuda-cabelo-colorido-batom-nyx

Adorei, adorei o resultado! Como minha pele já é bem rosada, o contraste de corre frias no cabelo e nos lábios super me agrada!

O batom custa R$27,90 e dá pra comprar nas lojas físicas da NYX.

Resenha batom Scandalous ...

Os batons com fundo acinzentado estão com um lugar bem especial no meu coração (ao lado dos roxos...
Leia Mais