Resenha Essência Musical Jovem Guarda da Feito Brasil

A linha Essência Musical da Feito Brasil reúne os principais movimentos musicais do país em produtos para cuidar e perfumar a pele.

A linha Jovem Guarda é indicada para peles delicadas (meu match perfeito) tem óleo de algodão e extrato de chá branco na composição para acalmar as peles sensíveis e ao mesmo tempo protegê-las. O hidratante é leve, com aroma muito delicado. Ótima escolha para os dias quentes pra não deixar a pele grudenta. A comunicação visual da coleção é bem legal e remete aos vinis.

feito-brasil-essencia-musical-jovem-guarda

A água perfumada tem o mesmo aroma sutil. Ao primeiro momento deixa um rastro alcoólico mas que evapora em questão de alguns minutos e apura a fragrância na pele. É daquele tipo de perfume que você pode exagerar sem medo porque dá aquela sensação de cheirinho de quem acabou de sair do banho.

Notas de fragrância: Apresenta notas de saída compostas por bergamota, tamarindo, maçã vermelha e flor de cerejeira, as notas de corpo são elaboradas com jasmim transparente, pêssego, muguet e amarílis. No fundo encontramos cedro branco e sândalo.

Além da linha Jovem Guarda, a coleção Essência Musical da Feito Brasil tem as linhas Bossa Nova e Verão Tropicália. No momento apenas os hidratantes corporais são vendidos na loja virtual da Feito Brasil por R$74 cada.

 

Resenha Essência Musical...

A linha Essência Musical da Feito Brasil reúne os principais movimentos musicais do país em produ...
Leia Mais

Resenha Lemony Flutter da LUSH – creme para mãos e cutículas

Apesar de estar escrito manteiga para cutículas na embalagem, o Lemony Flutter é um creme para qualquer área ressecada no corpo.

lemony-flutter-lush-resenha

Vem no potinho clássico da LUSH (que faz parte do programa de retornáveis da marca). O creme é bem denso, tanto que sai em “tecos” e a medida que espalha, o calor da pele derrete e transforma o creme em um óleo. A composição é rica em manteigas e óleos essenciais que super hidratam e penetram nas áreas ressecadas. Se você tem algum cantinho do seu corpo que tá tão ressecado que chega a coçar, esse é o creme que você precisa!

O cheirinho é uma delícia, bem de limão com uma pegada super fresca (e é bem intenso, se você não for uma pessoa que curte fragrâncias fortes melhor não arriscar). Precisa de pouco creme pra render e espalhar numa área grande no corpo. É ideal pra hidratar bem as cutículas e deixar aquele aspectos  mais transparente, não tão visível.

resenha-lemony-flutter-creme-para-cuticulas-lush creme-para-cuticulas-lush-lemony-flutter

Não é um creme prático para levar na bolsa (prefiro em bisnaga) mas é um queridinho para aplicar antes de dormir ou após o banho. Gostei tanto, tanto que até comprei um pra dar de presente pra minha mãe (que também é fanática por cremes de mãos).

Como não tiro a cutícula, tento mantê-las o mais hidratadas possível para não ficar tão aparentes. E como eu faço muitos serviços domésticos que ressecam as mãos, ele é um queridinho!

Lista de ingredientes

O Lemony Flutter custa R$65. Dá pra comprar nas lojas físicas ou na loja virtual da LUSH que entrega pra todo o Brasil.

Resenha Lemony Flutter da...

Apesar de estar escrito manteiga para cutículas na embalagem, o Lemony Flutter é um creme para qua...
Leia Mais

Resenha: Retroage Code lifting área dos olhos da Valmari

A Valmari era uma daquelas marcas que eu conhecia de nome mas que eu nunca tive contato. O meu primeiro contato com a marca foi na Beauty Fair, mas como toda a feira de beleza, foi super rápido, tumultuado e meio sem foco. Não consegui dar aquela atenção especial que eu gosto quando conheço uma marca nova, então não rolou aquela identificação logo no primeiro contato, sabe? Mas daí eu recebi uns produtos da marca pra testar e comecei com o gel creme lifting para a área dos olhos da linha Retroage Code.

retroage-code-gel-creme-lifting-area-dos-olhos-valmari-resenha resenha-retroage-code-gel-creme-lifting-olhos-valmari

Para quem também não conhece, a Valmari é uma marca brasileira, que começou nos anos 80 com manipulação de fórmulas e aos poucos migrou para dermocosméticos com formulação pronta para os consumidores finais. Hoje a marca tem lojas físicas espalhadas por todo o país e além de ter produtos para consumidores finais, muitas profissionais também utilizam a marca nos seus consultórios.

O Retroage Code lifting tem uma embalagem com 15g de produto e um design super bacana que já facilita na aplicação. O aplicador já tem o formato para massagear a área dos olhos (olheiras e pálpebras). Para liberar o produto, basta encaixar o dedo na parte traseira do aplicador e empurrá-lo para baixo. A quantidade ideal de creme para aplicação nos dois olhos já é obtida.

O creme é leve, um pouco gelatinoso e com leve (beeem leve mesmo) cheirinho cítrico (por conta da vitamina C na fórmula). O efeito lifting realmente acontece por conta dessa textura gelatinosa, após a aplicação a pele fica um pouco peguenta e dá pra sentir uma leve esticada até a secagem total.

valmari-resenha-gel-creme-lifting-olhos-retroage-code aplicador-retroage-code-valmari-lifting-olhos retroage-code-lifting-area-dos-olhos-valmari-creme

Segundo a marca o Retroage Code proporciona firmeza das pálpebras, elevação palpebral, redução de rugas e linhas da região dos olhos e tratamento para bolsas e olheiras. Me animei ao começar usar e ter esse apelo porque recentemente descobri que minhas bolsas estão ali no meu rosto por conta de flacidez na região.

É um produto de fácil aplicação, não precisa ter contato com a mão (o que diminui as chances de contaminação), mas como a aplicação é feita direto no rosto, o recomendado é sempre fazer isso com a pele limpa. E após cada aplicação eu sempre dou uma limpadinha no bico com um papel higiênico.

Além de vitamina C o rpoduto também conta com várias tecnologias desenvolvidas pela Valmari como um blend de óleos essenciais para hidratação da região com propriedades antiinflamatórias, um derivado da flor de romã que estimula a produção de colágeno e Niacinamida – B3 que uniformiza o tom da pele.

ingredientes-retroage-code-valmari

Depois de algum tempo de uso constante dá pra perceber que a pele da área dos olhos está em melhor condições, principalmente por conta da hidratação que já disfarça super as linhas finas (e ajuda a maquiagem a ficar mais bela). O fator flacidez é solucionado e visível de maneira sutil a cada aplicação mas não tem efeito permanente. Se o seu caso for uma flacidez super avançada, não espere milagres (daí talvez seja interessante falar com a sua dermatologista para verificar o melhor tratamento).

Depois de testar esse hidratante rolou uma ligação com a marca que me querer conhecer um pouquinho mais e testar outros produtos.

O Retroage Code Gel Creme Lifting para área dos olhos custa em média R$139 e dá pra compras nas lojas físicas da Valmari. Se você quiser saber os endereços, dá pra pesquisada no site da marca.

Resenha: Retroage Code li...

A Valmari era uma daquelas marcas que eu conhecia de nome mas que eu nunca tive contato. O meu prime...
Leia Mais