Resenha: Base lingerie de peau da Guerlain

A base Lingerie de Peau é um lançamento recente da Guerlain e promete uma pele perfeita, leve e delicada como uma lingerie.

resenha-base-lingirie-de-peau-guerlain

A embalagem de vidro com 30ml é bem bela e rica (geralmente as apresentações de produto da marca já passam todo esse ar de fineza, né?). A cartela de cores da base é bem interessante porque leva em consideração os subtons de cada pele. Tem base para peles com subtons rosados, amarelados e os neutros. Quando fui no lançamento do produto, procurei o meu tom ideal junto com uma maquiadora e o que ficou perfeito pra minha pele foi o 01N (Very Light) que tem o subtom neutro, mas no final das contas acabei pegando o 02N (Light) porque era a cor mais clara que tinham no momento. Aparentemente nos vidrinhos, as cores eram muito parecidas.

guerlain-base-lingerie-de-peau-02c resenha-base-foundation-guerlain-lingerie-de-peau ingredientes-base-lingerie-de-peau-guerlain

A base é mais líquida, tem um cheirinho leve e delicioso (se você já usou algum produto de maquiagem da Guerlain vai entender quando eu falo que as makes da marca tem cheiro de perfume). A princípio a cor um tom mais escura ficou parecido com o meu tom de pele. O problema veio depois: a base oxida muito, na verdade foi a base que eu mais vi mudança de cor por conta da oxidação. O fator oxidação é comum na maioria dos produtos de beleza, não tem o que fazer o ar transforma mesmo. Senti a cor escurecer na minha pele e ficar com um tom mais escuro. Como eu aplico a base até o pescoço a diferença na foto não é muito aparente, mas pessoalmente dá pra ver que tem uma cobertura ali. Ah! Se a camada for fininha e bem espalhada não chegou a me incomodar, mas se eu quiser uma cobertura um pouco mais bem feita daí não rola.

antes-depois-base-lingerie-de-peau-guerlain-resenha

 

Cobertura leve

 

Efeito luminoso e natural

 

Base hidratante sem pesar na oleosidade

 

Não craquela nas linhas finas

 

 

De modo geral é uma base super confortável de usar, não pesa na pele, não craquela nas linhas finas e ao longo do dia não ajuda a produzir mais oleosidade. Deixa a pele com o ar “naturalmente mais bonito”. A cobertura é bem leve, não chega a cobrir manchas super pigmentadas mas dá uma pouco disfarçada nas imperfeições. O único ponto que eu tenho que ressaltar é esse fator de oxidação, para quem estiver pensando em comprar a base em loja virtual sem testar, recomendo até que compre um tom mais clara porque com certeza vai oxidar e ficar um pouco mais escuro.

São 11 tons disponíveis e dá pra comprar nas lojas físicas e na loja virtual da Sephora por R$295.

Resenha: Base lingerie de...

A base Lingerie de Peau é um lançamento recente da Guerlain e promete uma pele perfeita, leve e de...
Leia Mais

Resenha: Primer Météorites da Guerlain

O primer Météorites da Guerlain era um dos meus desejos de maquiagem. Sempre que ia na Sephora eu dava aquela paquerada no produto, testava um pouquinho mas demorou até poder ter um para chamar de meu. O produto é um ícone da marca, por ser ter uma apresentação tão diferente e chamativa, é um dos produtos que logo vem a mente quando pensamos em maquiagens da marca.

resenha-primer-base-meteorites-guerlain

A embalagem é belíssima e delicada, de vidro grosso, tampa robusta e válvula pump. O primer fica envolto nas pérolas que se dissolvem ao apertar a válvula. A textura é um gel fino rosado com partículas suaves de brilho prata e arroxeados. O principal objetivo do primer Météorites é deixar uma base radiante e luminosa na pele.

Aplicar o produto na pele é uma experiência sensorial que nos leva a momentos de riqueza. A textura é tão delicada e gentil com a pele que parece que você tá aplicando algum creme para cuidar do rosto. A fragrância de violetas é uma das características mais impactantes porque antes mesmo de você passar na pele já dá pra sentir o aroma ao “explodir” as pérolas. Realmente é uma fragrância que usaria como perfume sem nenhum problema.

resenha-guerlain-primer-meteorites primer-meteorites-guerlain-resenha

A pele fica iluminada porém com o toque saquinho, não deixa nenhum rastro de oleosidade e nem camada de produto na pele. Parece que a pele é naturalmente cheia de vigor. Mesmo ao aplicar a maquiagem por cima dá pra perceber a leve diferença que dá no efeito final, até mesmo com uma base mate o rosto fica com uma aparência um pouco mais leve e natural.

Em dias de preguiça, aplico somente o primer na pele, sem base, pó ou corretivo. Só para deixar aquele efeito de pele energizada. Não senti que o produto auxilia na produção de mais oleosidade na pele ao longo do dia. É um daqueles primer que a gente usa para uma pele mais leve e naturalmente bela.

ingredientes-primer-meteorites-guerlain

Foi tudo o que eu pensava que seria a única característica ruim é que achei que mesmo usando apenas um pump no rosto todo (e isso é o suficiente) dá pra ver o produto indo embora a cada pump, sabe? Daí rola aquele apertinho no coração a cada usada. De qualquer forma, é um investimento bacana para as makeup junkies!

O primer Météorites vende nas lojas físicas e virtual da Sephora por R$340,00.

Resenha: Primer Météori...

O primer Météorites da Guerlain era um dos meus desejos de maquiagem. Sempre que ia na Sephora eu ...
Leia Mais

Resenha: Gold Eyetech Eye Sculpt Serum da Guerlain

A gente sabe que os produtos da Guerlain são muito refinados, mas o Gold Eyetech Eye Sculpt Serum tem um quê de realeza. Esse sérum para definir a área dos olhos tem um aplicador nada modesto banhado a ouro.

gold-eyetech-eye-sculpt-serum-guerlain resenha-gold-eyetech-eye-sculpt-serum-guerlain

São 15 ml de produto, numa embalagem de bisnaga com a ponteira que encaixa direitinho no formato dos olhos. O aplicador de ouro tem como finalidade preservar uma baixa temperatura para desinchar a área, melhorar a absorção e também preservar a higiene.

O Gold Eyetech Eye Sculpt Serum possui ativos provenientes da mel, que contém agentes desintoxicantes e reparadores. A marca sugere um ritual de massagem de 5 minutos com o sérum. Dentro da caixa vem um manual explicando todos os passos que misturam movimentos circulares, verticais, pressão em vários pontos que abragem a área das olheiras até acima das sobrancelhas. O sérum funciona como o antiidade e também para facilitar o deslize durante os processos.

O resultado da massagem é visível e bem significativo logo na primeira aplicação, principalmente se você fizer ao acordar (quando a área ainda está bem inchada). O inchaço desaparece a a pele fica radiante, a ponteira gelada ajuda a acalmar a pele.

gold-eyetech-eye-sculpt-serum ingredientes-gold-eyetech-eye-sculpt-serum

A recomendação é usar de manhã e a noite como creme para área dos olhos. O sérum é bem leve, com aquele cheiro de riqueza que só os produtos da Guerlain tem. É preciso de uma quantidade razoável de produto para conseguir deslizar a ponteira para massagear durante os 5 minutos indicados. Após a aplicação, sempre limpo o aplicador com um papel para remover qualquer resíduo.

O Gold Eyetech Eye Sculpt Serum é uma experiência relaxante e descongestionante para área dos olhos. Como a sua fórmula apresenta ativos anti age, é bacana para uma pele que já apresenta algumas linhas finas ou sinais de falta de hidratação. O investimento é um tanto quanto caro, mas que é justificável ao analisar produto, tecnologia, matéria-prima e a própria marca. Dá pra comprar nas lojas físicas e na loja virtual da Sephora por R$560.

Resenha: Gold Eyetech Eye...

A gente sabe que os produtos da Guerlain são muito refinados, mas o Gold Eyetech Eye Sculpt Serum ...
Leia Mais