Faz apenas alguns dias que eu descobri esse tal cronograma capilar. E logo de cara me brilhou os olhos quando eu fiquei sabendo desse tratamento que nada mais é do que um tratamento intensivo para restauração dos fios. O resultado promete ser muito satisfatório: fios hidratados e recuperados.

Quem tinge o cabelo constantemente como eu sabe o quanto os cabelos sofrem com esse processo, por mais que usemos bons produtos e, tudo o que a gente quer além dos cabelos coloridos é que eles continuem tão saudáveis como antes (ou mais ainda!).

O cronograma capilar é baseado na necessidade do cabelo de cada pessoa e levando em consideração quão danificado ele está. É um tratamento com duração de 3 a 4 semanas.

Os produtos utilizados para fazer as sessões de recuperação são máscaras com objetivos diferentes, intercalando seu uso durante os dias.

As máscaras utilizadas são: Hidratante (H), Nutritiva (N) e Reconstrutora (R).

Daí veio a minha pergunta: Como saber qual máscara se encaixa em cada especificação? Porque as vezes você pega uma máscara de tratamento e tem escrito “Máscara hidratante nutritiva reconstrutora”. E aí, como faz?

O melhor jeito nesse caso é olhar o rótulo e ver os ingredientes que compõem a fórmula do produto. Sabiam que os ingredientes são organizados em ordem decrescente, de acordo com a porcentagem do produto na fórmula. Então o meu critério foi esse, se a máscara tivesse logo de cara o primeiro ou segundo ingrediente que entrasse na especificação eu compraria.

Mas como saber os ingredientes que cada máscara deve conter?

Hidratação (H) – Responsáveis pela reposição de água nos fios ressecados. Os produtos mais populares usados nesse tipo de máscara são aloe vera, Glicerina (glycerin), panthenol, silicones (dimethicone) e o principal deles o álcool modificado (Cetyl Alcohol).

Nutrição (N) – Garante a reposição de lipídeos que promovem o brilho e a maleabilidade dos fios. O principais ingredientes são manteigas (butter), óleos (oil) e ceramidas (ceramides, glycine soybean oil). Prefira sempre os óleos vegetais (que são feitos de futas e plantas) aos minerais (que são derivados do petróleo). Os óleos minerais não possuem  propriedades nutritivas e não são absorvidos pela pele e cabelo. Os nomes científicos para os óleos minerais são:mineral oil, paraffinum liquidum, liquid paraffin e deobase.

Reconstrução (R) – Esse tipo de máscara repõe as proteínas do fio e devolve a força aos cabelos. Alguns dos produtos reconstrutores são a queratina (keratin), cretina (Creatine), colageno (Collagen), Arginina (Arginine) e Proteína do Trigo (Wheat Protein).

Se você por acaso pegar uma máscara que tenha mais de um elemento de cada tipo de processo é só falar como eu disse, veja qual é o ingrediente que tem a maior porcentagem na fórmula e reserve aquela máscara para o tipo de processo que o ingrediente se encaixa.

Quando decidi entrar no cronograma fui ver quais máscaras eu já tinha e me surpreendeu que, todas as máscaras que eu tinha eram hidratantes. Tive que comprar o restante das máscaras necessárias e minhas escolhas foram as seguintes:

Também aproveitei e comprei outros ingredientes para potencializar as máscaras. É importante frisar que não é para misturar diretamente no pote com o creme, só misture com a quantidade que você utilizará separadamente.

Também para não me perder eu fiz um calendário, especificando quais dias e o que tenho que fazer do cronograma. Isso ajuda muito, então é uma sugestão para todo mundo que faz ou quer fazer o processo.

tabela_cronograma_capilar

E aí, como construir o meu cronograma?

Como eu disse, cada cabelo tem a sua necessidade, então cada pessoa terá um  cronograma diferente. Você pode pegar um pronto e depois ir adaptando. Quanto mais danificado estiver seu cabelo mais reconstruções o projeto tem que ter, mas o recomendado é uma reconstrução a cada semana no máximo. O meu por exemplo, eu peguei do blog Eu Maquio e tem, ao todo, apenas duas reconstruções. É só se basear nas propriedades de cada máscara e analisar do que o seu cabelo precisa mais. Cada seção deve ser feita em um intervalo de no mínimo 48 horas. Se você lava o cabelo todos os dias pode continuar normalmente com a sua rotina.

Como escolher os produtos?

Para começar vi primeiro o que eu tinha em casa e, percebi que a maioria das máscaras que eu tinha eram de hidratação. Por isso comprei algumas outras para complementar. As minhas escolhas de produtos foram:

produtos_cronograma_capilar

produtos_hidratacao_cronograma copy

Para hidratação se você quiser combinar bepantol líquido não há problema nenhum. É legal usar ampolas e outros complementos para potencializar o efeito das máscaras. Minhas escolhas foram: Neutrogena Triple Moisture, Geléia Real da Body Store e Seah Hairspa da Schwarzkopf.

nutricao

Para nutrição minhas duas escolhas foram: Silicon Mix e Hydra Care da Vizcaya. Apesar de ser um queridinho de muitas pessoas, o Silicon Mix é composto de óleo mineral, o que não é muito legal (rimou!), mas como eu já tinha ele em casa resolvi colocar ele na brincadeira. O Hydra Care é mais indicado pois ele é composto basicamente de manteiga de abacate e óleo de macadâmia. Para complementar a nutrição peguei a ampola da mesma linha Hydra Care da Vizcaya e o óleo de macadâmia da Body Store.

reconstrucao

Para a reconstrução escolhi a Keratin Mask da Vizcaya. Li dezenas de rótulos de várias máscaras e ela foi a única que encontrei cujo o primeiro ingrediente é a queratina. Bingo! É difícil mesmo encontrar máscaras que sejam realmente para reconstrução, por isso invista quando achar. Para potencializar a reconstrução escolhi a ampola de hidratação intensiva da Vizcaya que, apesar do nome, tem como principal ingrediente na fórmula a creatina que é um componente reconstrutor.

Quando o cronograma acabar posso começar um novo?

Sim, não tem problema nenhum. Basta analisar as necessidades do cabelo e fazer um novo cronograma ou usar o mesmo.

É isso aí pessoal aguardem pois daqui um mês vou postar os resultados com fotos do antes e depois :}

Alguém anima de começar o cronograma também? Alguém já faz? Contaí!