Resenha: Batom líquido matte Aviva da Jequiti

A Jequiti era uma daquelas marcas que eu só ouvia falar e nunca tinha dado bola até ter o blog. Depois disso, passei a conhecer os perfumes e maquiagens da marca e velha visão de “marca barata” foi embora. Hoje sei da qualidade dos produtos por conta do uso. O batom líquido matte da Aviva é um desses casos, surpreendeu!

resenha-batom-liquido-matte-jequiti-violeta resenha-batom-liquido-jequiti-aviva-violeta resenha-batom-liquido-matte-aviva-jequiti-violeta swatch-resenha-batom-liquido-jequiti-violeta

O design da embalagem é bem bonito, a tampa longa e a haste do pincel curto dá mais estabilidade na hora da aplicação. A cor do batom líquido matte é o violeta, um tom de roxo com um fundo bem rosado. Usei esse batom nesse vídeo, daí da pra ver certinho como ele fica na boca.

A textura do batom é uma das mais confortáveis que eu já usei porque é muito líquido e fino. Não é aquele batom mais pastoso que faz uma camada grossa logo de primeira, sabe? A pigmentação é digna, mas como o batom é fino, precisa de duas camadas pra ficar na mesma cor da embalagem. Ele não fica manchado com uma camada só, mas fica com aquele tom mais clarinho, como se tivesse aplicado um batom levinho nos lábios (é uma característica bacana porque dá pra usar o tom mais claro e o mais escuro, de acordo com a sua vontade). A aplicação da primeira camada não remove a camada que já está nos lábios.

batom-liquido-aviva-jequiti-resenha batom-liquido-efeito-matte-jequiti-aviva

O único ponto negativo é que, como a textura é muito fina, os lábios tem que estar em dia para não acumular nos vincos. Se vocês olharem com atenção na foto da minha boca, dá pra ver que em alguns vincos a cor ficou mais forte pois houve acúmulo de batom. Mas esse detalhe é só se olhar bem de pertinho, na hora de rosto inteiro esse detalhe não é perceptível e também não me incomodou.

Pelo contrário, a usabilidade desse batom é tão boa que esse detalhe dos vincos nem chateou. Ele fica sequinho na boca, mas não com aquela camada aveludada que normalmente esses batons mattes deixam nos lábios. Parece que o lábio “suga” o batom e deixa só a cor (como se os lábios estivessem manchados e super pigmentados). A sensação é ótima, mesmo passando a língua na boca não dá pra notar uma camada grossa de produto e nem resseca os lábios.

São 8 cores disponíveis (que inclusive estou de olho em algumas) e custa R$22,90. Dá pra comprar com uma consultora ou na loja virtual da Jequiti.

Resenha: Batom líquido m...

A Jequiti era uma daquelas marcas que eu só ouvia falar e nunca tinha dado bola até ter o blog. De...
Leia Mais

Resenha: batom líquido efeito matte da Anita – cor Veneza

Demorei um pouco para conhecer a marca Anita porque ela só fazia esmaltes (que não era muito a minha área até pouco tempo atrás). Depois de uma tempo conheci, passei a usar os esmaltes e agora a marca lançou uma novidade bem bacana: uma coleção de batom líquido efeito matte.

Eu não tava por dentro da novidade até encontrar o produto numa perfumaria. As cores e o preço me chamaram a atenção e pelo bem da pesquisa trouxe um para casa. A cor é a Veneza, um vermelho clássico, bom para toda hora.

batom-liquido-efeito-matte-anita-resenha

resenha-batom-liquido-matte-anita

A embalagem tem 4 ml, com pincel estilo gloss. Quando abri eu não botei muita fé porque achei o produto grosso demais, mas acho que o cheirinho doce e gostoso amoleceu o meu coração e me fez dar uma chance. Apesar da consistência mais grossa, o produto espalha com facilidade e ao mesmo tempo controla melhor aqueles deslizes (apertões contra os lábios que acabam esparramando e saindo do contorno da boca). A secagem é rápida e quando estava aplicando nos lábios inferiores, a parte de cima já estava completamente seca. E a quantidade que tinha no pincel foi suficiente para aplicar as duas camadas necessárias para obter a cor uniforme.

resenha-batom-liquido-anita

batom-liquido-anita-vermeho-resenha

resenha-batom-liquido-anita-cor-2004-veneza

resenha-batom-liquido-matte-anita-veneza

Duração nos lábios foi boa, dá aquela sensação de veludo mas com uma camada bem fininha, que no final das contas ajuda a não craquelar pois não há acúmulo de produto. Durou bem umas 6 horas até começar a marcar nos vincos dos lábios (de tanto falar porque eu tava gravando vídeos).

Não tenho o que reclamar da cor, me conquistou totalmente! Foi bom o suficiente pra me fazer querer comprar outras cores da coleção! Comprei numa perfumaria de bairro e paguei coisa de R$13. Tem pra comprar na Perfumaria Seiki por R$14,99.

Resenha: batom líquido e...

Demorei um pouco para conhecer a marca Anita porque ela só fazia esmaltes (que não era muito a min...
Leia Mais

Resenha: batom líquido efeito matte Vamp da Dailus

Quando a  Dailus anunciou a cor de batom líquido efeito matte Vamp eu pirei. Achei muito sensacional uma marca nacional e acessível criar uma cor tão conceito e diferente.

O batom Vamp tem a cor azulada e tem diferença de tons de acordo com os lotes (creio que isso foi um problema só nos primeiros lotes e depois se estabilizou). Alguns eram mais azulados e outros mais roxos. O que eu queria era o mais azul e foi o que eu consegui!

resenha-bato-matte-dailus-vamp-azul

batom-liquido-dailus-matte-e-bom-vamp

batom-azul-vamp-dailus-resenha

Pra quem já usou algum outro batom líquido efeito matte da marca já tem familiaridade com esse tipo de produto. Tem aplicador estilo gloss, com uma haste no tamanho ideal pra você aplicar com precisão.

A cor é realmente incrível, super azul! Vamos combinar que é uma cor um tanto quanto diferente, fashion foward e tal, mas fiquei muito feliz em ver que essa cor bombou! É legal ver que as consumidoras brasileiras estão abertas aos novos conceitos de maquiagens. A pigmentação do produto é sensacional, o azul é tão potente que consegue cobrir até mesmo os lábios mais pigmentados.

Mas nem tudo foi flores, achei a consistência do produto muuuuito grossa, parecia até que já estava velho, foi difícil de espalhar pra conseguir uma cobertura homogênea (apesar da mega pigmentação, a textura grossa do produto deixava alguns falhas). E outro ponto negativo, também causado pela consistência do produto, foi que o batom não durou nem uma hora dos lábios. Consegui uma cobertura legal depois de algum esforço e fiz uma só camada depositando o produto (porque se fizer movimentos de vai-e-vem o aplicador varria o batom já aplicado, não importava o quão gentil eu fosse na aplicação). Mas depois de uma hora falando – apenas falando- já senti o produto craquelar e começar a esfarelar. Não durou nadinha nos lábios.

resenha-batom-azul-vamp-dailus-liquido-matte

Foto feita na luz branca

Apesar da cor ser lindíssima, espero que a marca ainda melhore na consistência do produto. Vale lembrar que esse mesmo problema ocorreu com algumas cores da primeira edição dos batom líquidos efeito matte da Dailus e depois a marca melhorou os outros lotes. Se ele tivesse a mesma textura que o batom colan marsala, por exemplo, seria o melhor batom azul.

Mas eu ainda tenho fé nos próximos lotes e levo em consideração os seguintes pontos: é difícil mexer com pigmentos tão diferentes quanto o azul e só da marca ter inovado e ousado na criação dessa cor já contou pontos na minha avaliação. Vou esperar mais alguns meses para os lotes antigos serem vendidos e depois pretendo comprar um novo pra ver se alguma modificação foi feita.

Tem pra comprar na Encanto Cosméticos por R$18,99.

Resenha: batom líquido e...

Quando a  Dailus anunciou a cor de batom líquido efeito matte Vamp eu pirei. Achei muito sensacion...
Leia Mais