Selecione uma visualização:

Receita: Panqueca Americana

Desde a primeira vez que eu fui aos Estados Unidos visitar minha família, me apaixonei por muitas comidas “típicas” de lá, inclusive a panqueca americana. É de lei eu ir e comer muita panqueca com maple syrup ou Hershey’s syrup (L).

Daí sempre que eu voltava batia aquela saudade de comer panquecas de manhã (e da família também! hihihi). Infelizmente não tem Hershey’s syrup no Brasil e maple syrup, como é um produto importado, é bem caro. 🙁

Mas mesmo assim dar-se um jeito e eu encontrei alternativas bem gostosas para deixar as panquecas saborosas. E a receita da tal panqueca americana tá aqui ó:

– 1 ovo

– 3/4 xícara de farinha

– 1 colher de manteiga derretida

– 1/2 xícara de leite

– 1 colher de sopa de açúcar

– 1 pitada de sal

– 1 colher de sopa de fermento em pó

– óleo para untar

ingrediente_panqueca_americana

Para fazer é fácil basta misturar todos os ingredientes deixando o fermento em pó por último. Quando a massa estiver homogênea aí sim colocar o fermento e mexer.

massa_oanqueca_americana

Depois é só untar a frigideira com um pouquinho de óleo e colocar uma concha da massa. Deixe dourar por aproximadamente dois minutos e vire para dourar o outro lado.

panqueca_pronta

Essa receita rende aproximadamente 10 panquecas (depende muito da quantidade que você colocar na frigideira). E lembra dos acompanhamentos alternativos? Então, fica super gostoso com mel, nutella e maple syrup (me dei ao luxo!). hahaha

Ótima pedida para um café da manhã no melhor estilo americano, só falta os ovos e bacon. Mas se você quiser ficar num esquema mais light elas combinam muito bem com geleia e frutas também. :}

Receita: Panqueca America...

Desde a primeira vez que eu fui aos Estados Unidos visitar minha família, me apaixonei por muitas c...
Leia Mais

Compras e Achados Renner

Ontem fui na Renner com minha amiga Bruna e adivinha só? Não conseguimos sair de lá com as mãos vazias!

Fomos bem objetivas, não ficamos olhando durante muito tempo e batemos o olho logo nas coisas legais. :}

compras copy

Blusas de Caveira e Hamsa – Essas blusas foram R$29,00 cada uma, tinha de várias cores e também com a estampa de elefante. Elas tem umas pedrinhas pretas enfeitando a estampa e são daquelas blusas que atrás são mais longas (ótimas pra usar com legging).

Colar de pedras azuis – Bati o olho nesse colar e disse “Bruna você tem que comprar esse!”. Dito e feito, uma ótima aquisição! Custou R$79,00

Bata preta –  Aquela peça coringa com uma firulinha a mais, o bordado em cima ficou lindinho e também é ótima para usar com legging. Custou R$89,00.

Compras e Achados Renner

Ontem fui na Renner com minha amiga Bruna e adivinha só? Não conseguimos sair de lá com as mãos ...
Leia Mais

Dicas de quadrinhos – Começando com o pé direito

Alô alô umbigueiros de plantão, vamos falar sobre quadrinhos?

Acredito que no mundo existem dois tipos de pessoas: aqueles que gostam de quadrinhos e aqueles que nunca leram um bom exemplar.

Mas o que mantém essas pessoas longe dos quadrinhos? Preconceito, ignorância, preguiça, tudo isso e mais um pouco?

Eu tenho um palpite e é algo que costuma ser o terror daqueles que querem começar: a cronologia.

 Existem histórias que precisa de um certo entendimento da vida pregressa do personagem, ou seja, a cronologia (e olha que algumas parecem ser infinitas). Isso acontece muito com os super-heróis, pra quem não tem paciência, uma simples leitura pode virar uma bagunça.

Por isso, para tentar dar um basta nisso, vamos dar dicas de quadrinhos para quem quer começar a ler e literalmente está cagando para a cronologia, uma leitura com começo, meio e fim.

Mas para não ir com muita sede ao pote, vamos começar com três:

Umbigo sem fundo

umbigocom arte

Pois é, você deve estar pensando: “Ué, mas esse é o nome do blog”, bingo!

Além de ser o quadrinho que deu origem ao nome deste humilde blog (deu pra perceber o quanto gostamos dele né?), ele é uma ótima leitura pra quem quer começar a ler quadrinhos. Escrito e desenhado por Dash Shaw a história começa quando todos os filhos de uma família são reunidos para receber um aviso dos pais: depois de muitos anos de casados eles vão se separar. A notícia cai como uma bomba na família, por quê depois de tanto tempo eles vão se separar? Esse quadrinho mostra uma família disfuncional e extremamente crível, com sacadas divertidíssimas como o filho com cara de sapo, um artifício que o autor usou para mostrar o deslocamento dele perante a família. Um quadrinho simples, que fala muito sobre a vida de um jeito emocionante.

Maus

mauscomarte

Sabe Maus? Nunca ouviu falar? Pois eu não sei o que você está esperando para ler. Maus é um dos quadrinhos mais aclamados de todos os tempos e já recebeu até o prêmio Pulitzer. Quer mais? Maus foi escrito pelo quadrinista Art Spiegelman e conta a história do pai dele, no passado e no presente, um judeu que sentiu na pele os horrores da 2ª guerra mundial e que até hoje mantêm manias e traumas daquela época que mudou a vida dele pra sempre. Em Maus, o autor usa do antropomorfismo (palavra difícil né?) para dividir os personagens: os nazistas são gatos, os judeus são ratos, os poloneses são porcos e os americanos são cachorros. Um relato incisivo e emocionante da 2ª guerra mundial.

Retalhos

retalhoscomarte

Esse é um de dois quadrinhos que vamos indicar do mesmo autor, o Craig Thompson. O cara é um mestre. Através de um traço super fluído ele conta a história de ninguém menos que ele mesmo. Criado numa família extremamente religiosa, nesse quadrinho ele mostra o amadurecimento pelo qual passou na época da adolescência, descobrindo e vivendo um amor à distância arrebatador, e além disso começando a questionar sua própria religião. Um quadrinho crítico e emocionante, uma leitura imperdível.

E aí, já leu algum desses? Tem alguma dica para os próximos posts?

Conta aí pra gente.

Dicas de quadrinhos ̵...

Alô alô umbigueiros de plantão, vamos falar sobre quadrinhos? Acredito que no mundo existem dois ...
Leia Mais