Mostrando posts da categoria Tudo um Pouco

VLOG | TOKYO DISNEY SEA – JAPAN

O parque Tokyo Disney Sea é exclusivo do Japão. Além dele, também tem a Disneyland no complexo (que é outro parque, com outra entrada), mas como é super parecido com o parque de Orlando, pra quem estiver por lá com pouco tempo, acho que o Disney Sea é o que vale mais a pena.

ingresso-tokyo-disney-sea-japao

Ingresso do parque

Antes mesmo de ir pro Japão, tentei várias vezes comprar os ingressos pelo site da Disney, mas sem nenhum sucesso. Tentei com vários cartões diferentes e nada. Então assim que cheguei em Tóquio, fui numa Disney Store e comprei os ingressos (tem em Shibuya e em Odaiba). Cada ingresso custa em média R$250 (depende da cotação do iene). Na loja da Disney dá pra pagar com cartão de crédito e se você quiser comprar ingressos para mais de um dia (tipo ir num dia em um parque e no outro no próximo dia), daí tem um ticket que fica um pouquinho mais barato. Diferente aqui do Brasil, jovens e idosos não pagam exatamente meia por lá. Tem um desconto de coisa de R$50 no ingresso.

O complexo da Disney não fica em Tóquio, por isso é necessário fazer uma pequena “viagem”, coisa de uma hora e meia para chegar. O caminho é simples porque toda estação por lá é bem sinalizada. Você vai precisar ir pra estação central de Tóquio (que é gigantesca) mas que tem várias indicações para pegar o trem certo para Disney. Chegando no ponto da Disney você ainda precisa comprar um bilhete para circular no trenzinho que te leva até a entrada do parque. Um bilhete de ida e volta custa em média R$15. A dica é já comprar o bilhete “round ticket” que você usará para ida e para volta. Além de ficar um pouquinho mais barato que comprar os tickets separados, você também economiza tempo.

maquina-bilhete-trem-tokyo-disney-sea

Máquina para comprar o ticket do trem

trem-tokyo-disney-sea fila-entrada-tokyo-disney-sea tokyo-disney-sea-japan-entrada

Os trenzinhos são super fofos, todos decoradinhos e como fomos em Novembro, já tava tudo no tema Natalino (inclusive o parque e os shows). Esse trem faz 4 paradas: a estação de metrô, o resort, Disneyland e Disney Sea. Chegamos lá antes das portas abrirem (coisa de meia hora antes) e estava LOTADO. Quando eu falo lotado é lotado de verdade! Tinha um mar de gente esperando, mas quando abriu tudo flui super bem. Eles fazem uma revista das bolsas e você está dentro!

Fomos num dia de semana comum (não era feriado nem nada) e estava muito, mas muito cheio mesmo! Quando entramos no parque já fomos em direção ao brinquedo Toy Story Mania pra pegar o Fast Pass porque tinha lido que é o brinquedo mais concorrido no parque. O Fast Pass é um bilhete que você pega nos brinquedos que te fala direitinho a hora que você tem que voltar para andar na atração sem ter que ficar na fila. Todo mundo pode pegar Fast Pass, é necessário estar com a sua entrada em mãos porque a máquina vai escanear e você pode pegar vários Fast Passes mas tem que dar um tempo entre um e outro. Essa informação você consegue ver no ticket.

tokyo-disney-sea-japan tokyo-disney-sea-toy-story-mania tokyo-disney-sea-fast-pass

Máquinas de Fast Pass para Toy Story Mania

fast-pass-tokyo-disney-sea

Além de mim, o parque inteiro teve essa mesma ideia de pegar o Fast Pass para o Toy Story Mania! A fila para pegar o ticket estava maior que a fila para entrar no parque! hahaha. Esperamos coisa de quase uma hora e conseguimos o ticket para entrar no brinquedo as 18:30. Alguns brinquedos tem o tempo de fila ok (considerando que você tá num parque com milhares de pessoas), daí não compensa taaanto pegar o Fast Pass para essas atrações, escolha sempre as atrações mais populares para fazer isso!

Passamos parte da manhã em filas e conseguimos andar em um brinquedo, nessa altura do campeonato eu mudei totalmente o meu foco de estar no parque: resolvi que provaria todas as comidas de lá, que eram bem bonitinhas! Inclusive fiz um vídeo separado só experimentando as comidas do parque.

O legal da Disney também é simplesmente andar pelo parque e apreciar os cenários que são muito bem feitos. Além disso, tem uma tradição japonesa entre casais e amigos que é ir com a mesma roupa! Virou quase uma diversão para gente ficar “caçando” essas pessoas! Tinha roupas combinandinho bem fofas e outras de fantasias mesmo, tinha gente até de pijama. Achei uma graça! Eu tinha falado dessa tradição pro Rainor mas ele não me levou muito a sério até ver e ficar impressionado (inclusive tentei muito ir com um look combinandinho com ele, mas ele falou que era brega. Isso até ver as pessoas realmente combinandinho e achar sensacional). No final das contas eu fui com um vestido cinza e ele com uma camisa cinza. Perto dos casais nós não havíamos colocado nenhum esforço para compor o look. hihihi

japao-tokyo-disney-sea-casais-combinando

Outra tradição que eu achei um tanto quando diferente é que as japoneses levam os bichinhos de pelúcia pra “passear”. Várias meninas segurando um ou mais bichinhos de pelúcia (daqueles grandes mesmo). Tirando foto com ele, ou foto só deles pelo parque. É fofo mas acho que é tão incomodo porque é uma coisa a mais pra ficar segurando o dia inteiro! Mas é legal fazer essa análise sociológica no Japão. Você se impressiona e se diverte em ver como a cultura e o comportamento das pessoas é diferente.

Dá o play pra ver o vídeo:

Dicas para quem vai na Tokyo Disney Sea:

  • Compre o ingresso antecipadamente.Você economizará muito tempo de fila chegando com o ingresso na mão.
  • Chegue cedo (antes mesmo de abrir). Além de aproveitar mais tempo no parque, você consegue ir nas atrações
  • Veja a previsão do tempo antes de comprar o ingresso. Um dia chuvoso por lá deve estragar a experiência porque é tudo aberto!
  • Se programe para entrar no parque e já pegar os Fast Passes dos brinquedos concorridos: Toy Story Mania, 20 mil léguas submarinas e viagem ao centro da terra
  • Compre água fora da Disney! O Japão tem máquinas de bebidas em cada esquina. Antes de chegar no complexo dos parque compre algumas garrafinhas de água/bebida porque dentro do parque é bem mais caro.
  • Prove as comidinhas do parque! Se você quiser economizar e levar seus snacks, tudo bem. Mas é uma experiência bem legal provar as comidas diferentes e bonitinhas por lá
  • Tente fazer as coisas em horários alternativos. Quer almoçar num dos restaurantes do parque? Vá um pouco mais tarde ou BEM mais cedo. Tinha restaurante que a fila começava as 10 da manhã para abrir ao meio dia.
  • Vá com sapatos mega confortáveis! O parque é gigante! Pelo aplicativo do celular, andamos 26km por lá!

Algumas considerações que eu devo fazer são: se você tiver poucos dias no Japão e realmente quiser ir pra Disney, vá para a Disney Sea que é uma experiência exclusiva do país. Se você não for tão fã (da Disney ou de parques) acho uma experiência totalmente desnecessária. Se você por acaso já foi pra Disney de Orlando também! Tem muitas outras coisas pra fazer no Japão que são imersivas na cultura. Se eu pudesse voltar no tempo eu não “gastaria” esse dia na Disney novamente. Não por não gostar da Disney, mas acho que a vibe de parque já deu pra mim e também gostaria de ter feito outras coisas bem mais típicas!

Os gastos do dia todo foram:

Café da manhã – ¥1000 (R$30)

Bilhete do Trem da Disney – ¥1100 (R$33)

Comidas na Disney – ¥5600 (R$160)

Bentô – ¥1300 (R$39)

Pudim – ¥720 (R$21)

TOTAL: ¥9720 (R$283)

 

VLOG | TOKYO DISNEY SEA &...

O parque Tokyo Disney Sea é exclusivo do Japão. Além dele, também tem a Disneyland no complexo (...
Leia Mais

VLOG PASSEIO POR ODAIBA – TOKYO – JAPAN

Odaiba é uma ilha artificial que fica super próxima de Tóquio. É carinhosamente chamada de “Daiba” e tem vários centros de compras e atividades turísticas pra fazer.

viagem-japao-gastos-quanto-custa viagem-japao-odaiba-vlog viagem-japao-odaiba

Nosso primeiro dia inteiro no Japão foi destinado a ela. É super simples chegar em Odaiba, são apenas 6km de distância do centro do Tóquio. Tem várias rotas, dá pra ir de trem, monotrilho, ou como nós fizemos, de barco! Foi uma experiência tão, tão legal que vou fazer um post só sobre esse passeio.

Chegamos em Odaiba e uma dica para quem quiser ir para Disney é comprar numa loja da marca (tem em Odaiba e tem também em Shibuya). Já garantimos os nossos ingressos para o dia seguinte e fomos explorar a ilha. Dá pra fazer tudo a pé, num dia agradável é legal andar e olhar ao redor. Mas para quem não estiver no mood de andar tanto, tem um ônibus circular de graça que faz várias paradas e também dá pra alugar uma bicicleta elétrica (em vários pontos) por cerca de $16 o dia.

gundam-odaiba-japao-diver-city

Um ponto turístico super conhecido é o Gundam gigante, ele fica no complexo Diver City e é realmente muito impressionante. Pra quem curte, no último andar do shopping tem uma loja dedicada com vários action figures e roupas super bacanas (mas infelizmente super caras também). Os action Figures me surpreenderam porque tinham uns bem legais por um preço camarada. Mas o Rainor queria comprar um moletom e todos que vimos os preços eram super salgados (coisa de R$500 até R$3000!!).

A maioria dos shopping tem lojas universais, por um momento nem parece que você está no Japão. Tem até uma parte que lembra muito Las Vegas, tem várias opções pra quem quer comprar! Uma dica é procurar as lojas que tem a política de “tax free”, assim você só paga o valor dos produtos e não precisa pagar os impostos japoneses.

Mas pra quem quer uma imersão cultural não tem com que se preocupar, em Odaiba tem o Museu do Lámen e também o Museu do Takoyaki (bolinhos com recheio de polvo). Nenhum dos dois são, de fato, museus. Não contam a história da comida mas tem vários tipos de apresentações delas.

museu-do-lamen-japao-odaiba-viagem lamen-museum-odaiba-japao-viagem odaiba-japao-museu-do-lamen lamen-museum-odaiba-japan

No Museu do Lámen por exemplo, são pequenos restaurantes que fazem lámens de diferentes regiões do Japão. É uma experiência legal para provar lámens diferentes sem ter que sair de Tóquio. No Museu do Takoyaki é a mesma coisa. Antes de entrar você passa por um centro de entretenimento com várias lojinhas e brinquedos e no fundo tem um cantinho dedicado ao takoyaki com uma praça de alimentação com lojinhas que fazem takoyakis diferentosos.

japao-odaiba-play-center takoyaki-museum-japao-viagem-odaiba museu-do-takoyaki-odaiba-japao odaiba-museu-do-takoyaki odaiba-japao-takoyaki

O lámen foi uma experiência deliciosa, tava realmente muito bom! O takoyaki estava ok, comi melhores durante a viagem (em Osaka!). O dia todo foi documentado em vlog, que mostrei bastante coisa e também falei todos os gastos. Dá o play pra conferir:

Fomos na roda-gigante, passeamos e fomos no Oedo Onsen Monotagari, um banheiro público super descolado que atrai vários jovens da região. Também tem um post dedicado pra ele porque é um ponto turístico interessante!

Na volta fomos provar um clássico sushi na esteira no Kura Sushi. Um restaurante que é bem famoso por lá, tem o ambiente descontraído e foi o único restaurante que eu fui que era barulhento! hahaha O sushi não me impressionou, achei mal cortado e feito de qualquer jeito.

Pra quem estiver planejando uma viagem pro Japão e quiser ter uma noção dos gastos do dia (para duas pessoas):

Café da manhã: ¥1200 = R$40

Lanche: ¥700 = R$20

Passeio de barco: ¥2000 = R$60

Lamen: ¥1100 = R$33

Takoyaki: ¥540 = R$15

Roda-gigante: ¥1900 = R$57

Onsen: ¥5900 = R$170

Bebidas: ¥260 = R$8

Transporte: ¥500 = R$15

Kura Susi: ¥3000 = R$90

Doces: ¥400 = R$12

TOTAL: ¥18400 = R$590

Os valores foram bem arredondados pra dar uma média de gastos do dia para duas pessoas. Acho bacana quando fizer o cálculo de quanto dinheiro levar (para qualquer viagem) sempre arredondar pra cima para se houver algum imprevisto já ter um dinheirinho sobrando e também para se der tudo certo, sobrar uma graninha!

 

VLOG PASSEIO POR ODAIBA &...

Odaiba é uma ilha artificial que fica super próxima de Tóquio. É carinhosamente chamada de ̶...
Leia Mais

VLOG | Chegamos Japão! (Novembro/2017)

Novembro foi um mês especial na minha vida, estava desde fevereiro planejando uma viagem para o Japão (dessa vez com o Rainor). Foram 25 dias de viagem e todos documentados em vlogs!

viagem-japao-narita-aeroporto

Saímos de São Paulo a noite e fomos para o Canadá fazer um escala em Toronto. Pegamos o visto de trânsito então não podíamos sair do aeroporto, ficamos mais ou menos umas 6 horas por lá até chegar o horário do voo para o Japão. Essa espera não foi um problema, o aeroporto é grande, tem muitas cadeiras, internet de graça e uma cafeteria que conquistou meu coração (a Tim Hortons). Algumas meninas me deram essa dica de passar nesse café quando estivesse no Canadá e foi uma ótima pedida! É tipo um starbucks com vários tipos de donuts <3

aeroporto-toronto-viagem-japao-escala

Fomos de Air Canadá porque as passagens foram MUITO baratas (vou fazer um post depois detalhando os gastos da viagem). O voo foi ok, de São Paulo para o Canadá foram uma 10 horas e depois do Canadá para o Japão umas 12 horas. No segundo voo nós já estávamos exaustos e parecia que não chegava nunca! hahaha

Mas enfim chegamos ao Japão! E quando saímos da área de desembarque, para a minha surpresa, uma prima do meu pai estava nos esperando! Eu nunca tinha visto a Massae pessoalmente e não sabia que ela estaria ali, foi uma surpresa super boa! Ela nos ajudou a pegar o Japan Rail Pass, comprar bilhete de metrô e até nos levou no nosso AirBnB! Foi uma queridona!

Como se não bastasse tudo isso, depois que nós deixamos as malas no AirBnB ela ainda foi com a gente numa mega loja de eletrônicos me ajudar comprar uma câmera. Foi super ajuda porque não falamos nada de japonês e, ao contrário do que muita gente pensa, pouquíssimos japoneses falam inglês por lá. A comunicação é meio falha mas no final da certo (seja por meio de mímica, tradutor no celular ou apontar as coisas).

japao-ikebukuro-street loja-eletronicos-japao restaurante-barato-japao-dica-turismo

Ficamos no bairro de Ikebukuro, bem agitado durante a noite e é onde tem o Pokémon Center em Tóquio! Compramos a câmera e fomos comer no Ichiran Lámen, uma franquia de restaurantes super em conta e delicioso! Eles servem um lámen personalizado e é daquele tipo de restaurante de baias, você come sem ver ninguém. Primeira refeição no Japão foi só sucesso, um lámen super saboroso e devo dizer que foi o melhor que comemos durante a viagem (e olha que fomos em muitos restaurantes de lámen!)

Dá o play no vídeo para ver esse primeiro dia (que na verdade foi só o final do dia no Japão):

Aproveita e se inscreve no canal pra acompanhar todas as aventuras da viagem!

VLOG | Chegamos Japão! (...

Novembro foi um mês especial na minha vida, estava desde fevereiro planejando uma viagem para o Jap...
Leia Mais