A Vichy é aquela marca super recomendada pelos dermatologistas, eu mesmo já saí do consultório com uma lista considerável de produtos da marca. Daí nessa vida de cuidados e tentar controlar a oleosidade da pele de uma forma bacana sem danificá-la, encontrei o sabonete líquido Normaderm.

resenha-sabonete-liquido-normaderm-vichy

sabonete-liquido-normaderm-vichy-resenha

sabonete-liquido-normaderm-vichy-peles-oleosas

sabonete-liquido-para-peles-oleosas-vichy-normaderm-resenha

A embalagem de plástico, estilo bisnaga é bem funcional. O bico tem uma válvula que não deixa que o produto escape facilmente, só se apertar mesmo. Tem a cor levemente esverdeada e um cheirinho super refrescante e nada álcoolico (como alguns sabonetes controladores de oleosidade tem). Esse daí tem a fragrância fresca e aguada (tipo um pepino).

A composição é livre de álcool e parabenos. Confesso que nos primeiros dias que comecei a usá-lo, minha pele do rosto super gostou, mas a da minha mão ressecou muito. Já falei por aqui que a pele da minha mão é bem ressecada porque eu tenho mania de lavar várias vezes ao dia. Daí juntou com esse sabonete e eu senti ainda mais ressecada. Mas com o tempo (e a devida hidratação) ela voltou ao normal.

A pele fica bem fresquinha e nada repuxada. Minha pele se adaptou bem ao produto, mesmo usando duas vezes ao dia, não senti um ressecamento excessivo, mas é claro que eu sempre hidrato depois! Um tantinho mínimo de sabonete já dá pra limpar bem o rosto e o pescoço, ele tem uma viscosidade boa que é fácil de espalhar pela pele. Essa bisnaga de 60g deu para quase 3 meses de uso (considerando que eu uso de manhã e a noite, todos os dias).

O sabonete líquido Normaderm tem duas versões: a de 60g que é essa bisnaga e uma de 210g que tem válvula pump. O preço é um ótimo custo benfício. Tem pra vender na Netfarma por R$25,90 a versão em bisnaga e R$49,90 a versão maior.